top of page

Influenciador com deficiência visual, Fernando Campos lista livros sobre o tema "pessoas com deficiência", que você precisa conhecer

Campos é autor de dois volumes, um deles com lançamento previsto para este mês


Redação GQ



O influenciador e jornalista Fernando Campos está para lançar seu segundo livro, O tesouro das diferenças (Editora Letramento), coletânea de contos para crianças, sobre quatro personagens que convivem com diferentes deficiências. O prefácio é escrito por Ivete Sangalo, e é possível encontrá-lo em pré-venda, com lançamento previsto para o próximo dia 23 em Natal, no Rio Grande do Norte, e 25 em São Paulo, capital.


"Eu comecei contando histórias para o meu sobrinho, normal, o que toda criança escuta. E aí comecei a pensar que eu precisava dar um jeito de trazer diversidade para as historinhas. Acho que esse é um momento que a gente já pode começar, de uma forma lúdica, a falar sobre as diferenças, a falar que as pessoas são diversas", diz Fernando à GQ Brasil, sobre seu processo criativo. "Quando me dei conta, eu tinha o livro pronto", ri.


O influenciador é também autor de Enxergando além do Atlântico, de 2021, um relato do período em que viveu na Inglaterra. "Todos os perrengues e aventuras de um jovem cego morando sozinho em outro país estão nas páginas deste livro", resume. Abaixo uma relação de leituras essenciais segundo Fernando Campos:


Na dúvida, escolha ser feliz - Pequena Lo


"É o livro que conta a trajetória dela, conta um pouco de seu caminho, desde Araxá até ela se tornar a maior influenciadora PCD do Brasil. Pequena Lo é um farol para todos nós que somos influenciadores com deficiência. A gente admira, se espelha. E ao ler o livro dela, eu terminei achando a escrita dela muito parecida com a minha em 'Enxergando Além do Atlântico' - tem humor, tem um pouco de ironia, é divertido e emociona também. Então é um livro que é gostoso de ler. Você lê rapidinho, é pequeno, mas é cheio de ensinamentos de aprendizados."


Salvo pelos meus anjos da guarda - Sharon Peters


"É talvez o livro mais pesado que eu estou trazendo, mas vale muito a leitura, porque retrata a realidade de muitas pessoas que viveram o Holocausto e que sobreviveram a ele. Conta a história de um rapaz que foi arrastado para o campo de concentração, que viveu barbaridades lá e que terminou se tornando pessoa com deficiência visual dentro do campo. Lá ele viveu muitos tormentos - alguns deles provocados por cachorros, por pastores alemães. Então ele adquiriu uma grande revolta. Contra os cachorros, e depois a vida, após ele ter sobrevivido ao campo de concentração."


Adorável heroína - Michael Hickson e Susy Flory


"Narra o atentado do 11 de setembro pela ótica de um homem cego, desde o momento em que ele percebeu o que estava acontecendo até quando ele sai da torre e encontra a sua família. Ele foi guiado por seu cão-guia, a Roselle. Ela salvou também outras pessoas que estavam com eles. É um relato de um fato real, mas você lê com a empolgação de um romance. Você sente frio na barriga, sente medo por eles. E é muito emocionante também. É empolgante de ler."


Minha vida com Boris - Thays Martinez


"Esse livro, conta a história de uma advogada que foi proibida de entrar no metrô de São Paulo acompanhada do seu cão-guia. E aí toda a luta judicial que ela passou. Junto a isso, toda a adaptação dela com o cão-guia. É um livro também bem bonito de se acompanhar."


Toda a luz que nós não podemos ver - Anthony Doerr


"Ele virou uma série na Netflix. É um romance, e achei importante trazê-lo para essa lista porque a gente tem uma carência muito grande de personagens com deficiência em romances, principalmente na posição de protagonista."

"A gente vai acompanhar as histórias de Marrie, uma garota francesa cega, e Wener que é um garoto alemão sem deficiência, de forma paralela. Mas elas vão se cruzando aos poucos. A narrativa é em terceira pessoa, mas o escritor tem uma forma bem intrigante de conduzí-la. Não é uma narrativa muito linear. Vai para o início, vai para o final, volta para o início. É interessante de ler."


Extraordinário - R. J. Palacio


"É um livro que virou filme. Ele tem muitas camadas, é muito profundo, porque relata a história de August Pullman, uma criança que tem malformação facial, e todas as inseguranças, todas as incertezas dele e de todas as pessoas que estão à sua volta."

"O livro é narrado pelo ponto de vista da criança e também pelo ponto de vista da mãe, do pai, da irmã dele, do melhor amigo que ele faz na escola e da melhor amiga da irmã. Então, você consegue mergulhar no universo mental e psicológico de todos esses personagens. E eu, como uma pessoa com deficiência, que fui uma criança com deficiência, que também enfrentei inseguranças, não pude deixar de me identificar em alguns momentos, de me emocionar em outros."

"É um livro que é forte, é muito potente, mas ele tem uma mensagem muito poderosa de aceitação, de inclusão, de união. É impossível a gente não se emocionar e se encher de lágrimas, mas não por tristeza. É por alegria, eu diria. É muito bonito."


5 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page