top of page

Terapia com animais ajuda na qualidade de vida de pessoas com deficiência

Por SECOM, Prefeitura de Cotia-SP

Por meio de um convênio com a Associação Brasileira de Hippoterapia e Pet Terapia (ABRAHIPE), a Prefeitura de Cotia, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (SDS), oferece Terapia com Animais, com cães, e a Equoterapia, com cavalos, para pessoas com deficiência. O atendimento está previsto no Serviço de Inclusão para Pessoas com Deficiência (SINPcD), do Governo Municipal, e beneficia gratuitamente dezenas de pessoas com deficiência física, intelectual, múltipla, mobilidade reduzida e Transtorno do Espectro Autista (TEA), nível I, II e III, laudados com CID.


O encaminhamento é feito por meio da Central de Vagas, respeitando a ordem de inscritos de acordo com disponibilidade de cada entidade parceira. A Central de Vagas é acionada pelo CRAS e CREAS On-line no WhatsApp (11) 9 6300-7500. “Além deste atendimento que é oferecido por meio do convênio com a ABRAHIPE, a Prefeitura oferece atendimento em Serviços de Fortalecimento de Vínculos beneficiando crianças, adolescentes, idosos, pessoas em vulnerabilidade de todas as regiões de Cotia”, disse Mara Franco, titular da SDS. “Além de participarem de oficinas e diversas atividades, os atendidos têm acompanhamento psicológico, com assistente social. É um trabalho que realmente melhora a qualidade de vida das pessoas”, completou.


E por falar em qualidade de vida, a Juliana, que mora no Jd. Japão, tem dois filhos autistas atendidos na ABRAHIPE. “Estamos no projeto há bastante tempo, ajuda na parte física, emocional, no desenvolvimento cognitivo, a gente gosta do ambiente, eles [filhos] se sentem bem. Aqui é como se fosse uma fazendinha, tem os animais e o acolhimento da equipe é sempre muito bom”, avaliou Juliana.


A coordenadora da instituição, Andrea Nogueira, explicou que no local são oferecidas diversas atividades, entre elas, oficinas de leitura com cães, equoterapia, musicoterapia, artes com cães, atendimento familiar com assistentes sociais que identificam demandas e encaminham para serviços sociais. “Os atendidos participam de diversas atividades e o diferencial é o espaço com muita natureza, muito verde e animais que estão inseridos nestas atividades e as tornam mais gostosas e mais leves”, disse.


Por conta da grande demanda de pacientes com Transtorno do Espectro Autista (TEA), o local implantou a oficina de intervenção do TEA com metodologia ABA Autista. “Ela [metodologia] visa trabalhar os comportamentos”, explicou Andrea. Ela explicou que o foco está em promover o ensino de novas habilidades e em ajudar os autistas a lidarem com comportamentos desafiadores, como: crises, autoagressão e agressão, com o objetivo de promover melhora na qualidade de vida.


O Conselho Municipal da Assistência Social de Cotia, em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social, segue buscando o aprimoramento dos serviços socioassistenciais, como é o caso do serviço executado pela ABRAHIPE. É um serviço executado exclusivamente para a pessoa com deficiência que atua para atendê-los da melhor maneira, buscando satisfazer todas as suas demandas, declarou o presidente do CMAS, Adriano Pires.







Fotos: Vagner Santos



1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page